Compulsão – Beleza – Tristeza



Compulsão – Beleza – Tristeza



Essa é uma situação que vem aumentando muito na população brasileira, em função de uma mídia forte que passa uma imagem de mulher magra como saudável, bonita e feliz.

Estamos vulneráveis a essas mensagens que muitas vezes vem disfarçadas nas publicidades, e em outras vem bem claras e explícitas, e quando percebemos, estamos nós admirando um corpo magro (digo magérrimo).

É a era do sofrimento, pois corpo não é feito de massinha de modelar, que podemos dar a ela a forma de”Barbie”, corpo cheio de curvas, porém magro – Perfeito!!!

Perfeito para quem eu pergunto? A quem serve essa moda injusta e insana? Quantas vidas em sofrimento, quantos pais perderam sua filhas amadas em função de uma anorexia e bulimia? Ah sim, as duas doenças matam….e a depressão e a “pressão” a que estão expostas?

E ainda sim acham lindo esse corpo?

E nossa origem, nossa herança, nossa história, esta que está marcada em nossos traços, estrutura corporal, nossas vivências, essas não contam?

Fico pensando quem lucra com isso, a quem querem fazer feliz? Uma idéia falsa de beleza, uma destituição do verdadeiro valor da mulher, do homem, em sua beleza mais genuína que é o seu “EU”.

Quem sou, o que valho, o que posso contribuir, compartilhar…esses valores estão sendo esmagados dia após dia, ficando em seu lugar valores vazios..

Triste não? Triste ver a situação da mulher que ilustrei logo acima.

Triste é passarmos na rua e vermos crianças sem comida, sem roupa, sem banho, sem pasta de dentes , sem roupa limpa, isso é ser infeliz, isso é o que nossa “sociedade” devia estar preocupada em vender, valores reais, valores humanos como : cooperação, simpatia, respeito, amor, doação, perdão, caridade, fraternidade, entre muitos outros que poderia colocar aqui.

Vamos refletir, vamos pesar nossas verdadeiras necessidades. Não vamos comprar essa imagem falsa de corpo ideal, e sim, um corpo adequado a nossa estrutura,nossa história, vamos nos respeitar.

Deixo um abraço e um desejo que em 2010 possamos buscar sim, um corpo saudável, que nos traga bem estar, mais acima de tudo equilíbrio e serenidade!



Luciana Kotaka- Psicóloga Clínica

Especialista em Obesidade e Transtornos Alimentares

Curitiba-PR
Vamos lá meninas! Boa Sorte!

Olá, sou Luciana Kotaka ,algumas já me conhecem outras não, sou Psicóloga Clínica, filiada a ABESO, Associação Brasileira de Obesidade e Síndrome Metabólica, pós graduada em Obesidade e Transtornos Alimentares e o foco do meu trabalho é emagrecimento e manutenção de peso e também os transtornos como anorexia, bulimia e compulsão.

Por: Luciana Kotaka
Psicóloga Clínica Silvia Luciana Kotaka
CRP- 08/06502-1
Psicóloga Clínica Transtornos Alimentares
Emagrecimento e Manutenção de Peso
Blog: blog.comportamentomagro.com.br
www.comportamentomagro.com.br

4 comentários:

Deca Ferraz disse...

Perfeito! Concordo integralmente com esse post.Temos que valorizar quem somos e não tentar nos encaixar em padrões impostos pela sociedade de consumo.A vida é para ser desfrutada com alegria.

Coisas da Gigi disse...

Concordo (como sempre) totalmente, magreza não é sinal nem de beleza nem de saúde. Acho que o principal é se sentir bem consigo mesma e saudável.

Ana Paula disse...

Olá, adorei seu blog. super instrutivo, muito interessante!
Visite o meu quando puder.
Beijossss
http:\\mamaequetrabalha.blogspot.com/

mydearlipstick disse...

Passa lá no meu blog, tá rolando sorteio!
http://mydearlipstick.blogspot.com/2010/04/s-o-r-t-e-i-o-o.html